10 princípios básicos da contabilidade que você não pode se dar ao luxo de ignorar

Milhões de proprietários de pequenas empresas e empreendedores iniciantes são mestres na criação de excelentes produtos e serviços, construindo equipes eficazes e conquistando clientes. Muitos deles, no entanto, provavelmente seriam reprovados na contabilidade básica.

Como empresário, se você não entende os diferentes tipos de “contas” que seu contador usa para organizar suas finanças, medir o sucesso (ou fracasso) de seus esforços será inútil. 

Ser adepto do marketing digital, por exemplo, não é suficiente se você não tem uma imagem financeira clara de seu negócio e se depara com problemas de fluxo de caixa.

Você não iria ao médico e pediria apenas para checar as pernas. Você quer um exame completo! É o mesmo com os aspectos financeiros do seu negócio. Você precisa saber tudo sobre as finanças de sua empresa, não apenas o saldo de sua conta bancária. Ter esse controle não apenas ajuda você a tomar decisões sólidas agora e a fazer planos para sua empresa no futuro, ajuda também a ter um sistema de contabilidade eficiente e economiza tempo. Notavelmente, ele prepara você para auditorias governamentais e ajuda a prevenir fraudes.

Aqui estão 10 tipos básicos de contas para uma pequena empresa:

1. Dinheiro 

Não fica mais básico do que isso. Todas as suas transações comerciais passam pela conta de Caixa, o que é tão importante que muitas vezes os contadores usam dois diários, Recibos de Caixa e Desembolsos de Caixa, para rastrear a atividade.

2. Contas a receber 

Se sua empresa vende produtos ou serviços e não recebe o pagamento imediatamente, você tem “contas a receber” ou dinheiro devido de clientes. Você deve rastrear o Contas a Receber e mantê-lo atualizado para que possa enviar contas ou faturas precisas e pontuais.

3. Inventário 

Produtos não vendidos são como dinheiro em uma prateleira e devem ser cuidadosamente contabilizados e rastreados. Os números em seus livros devem ser testados periodicamente, fazendo contagens físicas do estoque disponível.

Descubra como consultar beneficio do INSS, clique aqui!

4. Contas a pagar . 

Ninguém gosta de enviar dinheiro para fora do negócio, mas uma visão clara de tudo por meio de suas Contas a Pagar torna isso um pouco menos doloroso. A contabilidade concisa ajuda a garantir pagamentos pontuais e evitar pagar duas vezes! Pagar contas  antecipadamente também pode qualificar sua empresa para descontos.

5. Empréstimos a pagar

Se você pediu dinheiro emprestado para comprar equipamentos, veículos, móveis ou outros itens para o seu negócio, esta conta rastreia os pagamentos e as datas de vencimento.

6. Vendas

A conta de vendas rastreia todas as receitas de entrada do que você recebeu. Registrar as vendas de maneira oportuna e precisa é fundamental para saber onde está o seu negócio.

7. Compras

A conta de compras rastreia todas as matérias-primas, produtos acabados e serviços que você compra para o seu negócio. É um componente-chave do cálculo do custo dos produtos vendidos, que você subtrai das Vendas para encontrar o lucro bruto da sua empresa.

8. Despesas com funcionários

Para muitas empresas, as despesas com folha de pagamento podem ser o maior custo de todos. Manter essa conta precisa e atualizada é essencial para atender a impostos e outros requisitos de relatórios governamentais. Esquivar-se dessas responsabilidades vai colocá-lo em sérias dificuldades.

9. Patrimônio líquido 

Esta conta soa bem. Basicamente, ele rastreia a quantia que um proprietário (ou proprietários) coloca no negócio. Também conhecido como ativos líquidos, o patrimônio líquido reflete a quantidade de dinheiro que um proprietário possui depois que os passivos são subtraídos dos ativos.

10. Lucros acumulados

A conta de Lucros retidos rastreia todos os lucros da empresa que são reinvestidos no negócio e não são pagos aos proprietários. Os lucros retidos são cumulativos, o que significa que aparecem como um total contínuo de dinheiro que foi retido desde o início da empresa. Gerenciar essa conta não leva muito tempo e é importante para investidores e credores que desejam acompanhar o desempenho da empresa ao longo do tempo.

Muitos donos de empresas acham que a contabilidade é uma tarefa terrível, mas se você entender e usar com eficácia os dados que seu contador coleta, a contabilidade pode ser sua melhor aliada.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.