Conheça o significado de dois nomes populares no Brasil

Felipe e Mariana, Conheça o significado de dois nomes populares no Brasil.

Alguns nomes populares no Brasil possuem significados bastante conhecidos, como os de santo, por exemplo, outros simbolizam histórias ou situações que poucos ou ninguém imagina.

Ter um nome e se acostumar com ele é importante para que os indivíduos se identifiquem ou sejam identificados numa sociedade. 

Nomes no Brasil

Felipe 

Conheça o significado de dois nomes populares no Brasil

Felipe implica em “aquele que gosta de guerra”. O nome tem origem na Grécia, onde era escrito Philippos, que traduzido para o português significa “amigo dos cavalos”. Mas o real significado tem mais a ver com batalhas e combates, que na Antiga Grécia eram realizados com o apoio dos cavalos.

Felipe foi o nome do pai de Alexandre, o Grande. O nome também foi dado a um dos discípulos de Jesus Cristo, ele é mencionado no novo testamento da Bíblia.

Após ser usado por diversos nobres de Portugal, Espanha e França, ele acabou caindo no gosto popular.

Nos dias de hoje o nome é usado sozinho ou como nome composto, como André Felipe e Felipe Miguel. 

Mariana 

Há muitas hipóteses para o surgimento do nome Mariana. A mais conhecida é a de que o nome tenha vindo da conjuntura de dois nomes da língua hebraica. Maria, que significa pura e Hannah, que significa cheia de graça. Sendo assim, o mais convincente significado para o nome ficou sendo “pura e cheia de graça”.

Mariana é o nome de uma santa que é considerada pelos fiéis católicos como cuidadora dos órfãos e doentes.

O nome também foi entregue a uma cidade que fica em Minas Gerais. Mariana ficou conhecida mundialmente pela intensa exploração do ouro iniciada no século XVIII e também pelo rompimento de uma barragem de minério que fez 19 vítimas. É uma cidade turística

Conheça o significado de dois nomes populares no Brasil

Escrita 

Diferente do que muitos acreditam a escrita não surgiu a partir de imagens, símbolos realizados na pré-história, mais conhecidos como escrita ideográfica, que consistia nos desenhos que os primatas faziam por onde passavam.

Ela surgiu na Mesopotâmia de 3.500 anos antes de AC,  como símbolos com finalidades comerciais, ou seja, para contar a quantidade de mercadoria que se comprava e vendia.

A comunicação enfrentou grandes desafios para chegar até os dias atuais, em que através de uma simples mensagem por aplicativo é possível contatar uma pessoa que está no outro lado do mundo, mas nem sempre foi tão fácil assim se comunicar. 

Como surgiram os nomes?

Os nomes estão inseridos em todas essas dificuldades no que diz respeito à comunicação humana, pois eles nem sempre existiram e surgiram inerentes à escrita.

Atualmente não há um lugar no mundo em que as pessoas não sejam chamadas pelo nome. Quando exatamente surgiu esse costume não se sabe, até o momento sabemos que os nomes surgiram juntamente com a escrita.

Quando surgiu o costume de uma pessoa chamar a outra ou atender pelo nome ele possuía características que remetiam a posição social ou significados bem marcantes, como Alexandre, por exemplo, que significa protetor. 

Bíblia 

Hoje em dia é muito comum encontrar pessoas com nomes que foram escritos em um dos livros mais lidos do mundo, a Bíblia.

Embora os nomes tenham se popularizado através dos discípulos de jesus eles já existiam na cultura judaica e romana, que não eram cristãs. O judaísmo continua não sendo.

No Brasil corriqueiramente se encontra um João, Paulo, Maria, José, Pedro, Davi, Ester, Samuel, Moisés, Zacarias, Mirian, entre outros.

Ultimamente, com o crescimento do neopentecostalismo encontram-se pessoas no maior país sul-americano com nomes bíblicos antes mais desconhecidos, como Gedeão, Estevão, Noah, Sadraque, Natã e Nabucodonosor. 

A influência da Grécia 

Muitos nomes, não apenas no Brasil, como em diversos lugares do mundo tem origem grega. Podendo ser de personagens mitológicos, referenciando grandes guerreiros, atletas olímpicos, nobres ou até mesmo pessoas comuns da sociedade da Grécia.

Como a cultura grega foi muito disseminada, ultrapassou gerações até se mesclar à Roma, país onde uma das religiões com mais fiéis no mundo, o catolicismo, surgiu. Inclusive hoje abriga a sede da Igreja católica, no Vaticano, onde fica o maior líder da igreja, o Papa.

Não é difícil encontrar um Rogério, Helena, Júlia, Lara, Isadora, Nicolas, Heitor, Bárbara, Agatha, todos nomes gregos. 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.