Cuidados em condomínio: saiba se sua residência está segura

Morar em condomínio não se trata apenas de morar em um espaço dividido com mais pessoas, mas sim, saber e cumprir quais são as responsabilidades e compromissos de cada um dos moradores, para segurança e bem-estar de todos.

É necessário que ao se mudar os moradores sejam informados das regras do condomínio, afim que possam ser capazes de cumprir as mesmas. Cada um deverá ser responsável pelos cuidados e regras a serem seguidas. Cada um que faça a sua parte será responsável também pelo bem comum.

Os cuidados que iremos apresentar nesse artigo, são de grande importância e não devem jamais ser negligenciados.

Preparamos ainda ao final desse artigo um Check-list para você conferir, se o seu condomínio está realmente seguro.

Segurança

É importante contar com o auxílio de uma equipe especializada na segurança de áreas residenciais, com profissionais capacitados para manter a segurança do seu condomínio.

Geralmente as empresas que são responsáveis por esse serviço possuem procedimentos especializados, e realizam treinamentos de forma contínua. O síndico não deverá ser responsável pelos treinamentos, mas sim, a empresa que oferta tal serviço.

Dentro do quesito segurança, existem ainda outros itens que devem ser realizados, para proporcionar maiores cuidados em um condomínio como veremos logo abaixo.

Monitoramento

Seja em um condomínio de apartamentos, sobrados ou casas é possível que exista uma grande quantidade de pessoas circulando e, por tanto se faz necessário o monitoramento, para controlar pelo porteiro ou sistema de segurança, a entrada de pessoas. Além de uma equipe de segurança o monitoramento deve ser realizado por câmeras de vídeo como, por exemplo, o sistema CFTV, para proporcionar maior segura para os moradores e ainda, as pessoas que trabalhar nesse ambiente.

Redes de proteção

Algumas pessoas conhecem as redes de proteção, apenas para realizar a proteção de crianças e pets para evitar quedas.

Mas a verdade é que além dessa proteção, pode evitar também as entradas indesejadas, tanto nos apartamentos mais baixos como nos andares mais altos. Há alguns anos em uma cidade do Brasil, existiam ladrões que ficaram conhecidos como “ladrões homens-aranha”, devido a sua capacidade de conseguir escalar os prédios e adentrar as residências ainda que fosse no oitavo, nono andar, para assaltar as casas.

Procedimentos

Conhecidos como POP, “procedimento operacional padrão” são adotados Para proporcionar maior segurança a moradores e trabalhadores.

Esses procedimentos são capazes de atender as necessidades da realização dos procedimentos, seguindo sempre o mesmo padrão evitando acidentes e minimizando os riscos. Os moradores e porteiros do condomínio, também podem ter acesso aos procedimentos para caso percebam algo de diferente sendo realizado, possam avisar o síndico ou outro responsável do condomínio.

Acesso restrito

Em um condomínio é necessário realizar a restrição de visitantes, para impedir entradas indesejadas tanto no condomínio, como na residência de cada pessoa.

Não deve ser permitida a entrada de entregadores de delivery, por exemplo, ou mesmo de outros setores como comércio de roupas ou outras categorias. Nesses casos o morador deverá chegar até a portaria, para retirar o seu pedido.

A mesma regra deverá ser seguida para a entrada de veículos. Carros ou motos de pessoas que não sejam os moradores, não deverão ser aceitos.

Cuidados com as áreas comuns em condomínios

Dentre os cuidados em condomínios a higienização deverá ser realizada de forma periódica. Os espaços de maior circulação como, por exemplo, hall de entrada e elevadores precisam ser bem higienizados, evitando a transmissão de vírus.

Medidas de segurança e higienização em condomínios devem inclusive, serem realizadas de acordo com as orientações do Ministério da Saúde como, por exemplo, higienizar corretamente as superfícies com alta frequência em áreas como portas, maçanetas, elevadores, espelhos, dentre outros. Especialmente em uma época de pandemia causada pelo coronavírus, os cuidados gerais deverão ser mantidos mesmo dentro da área do condomínio. Vamos reforçar os cuidados que devem ser seguidos:

  • Utilizar álcool em gel;
  • Máscaras;
  • Distanciamento social;
  • Assim que entrar no apartamento, lembre-se de retirar o calçado que esteve na área social. No entanto, evite de deixar no corredor do prédio.

Os protocolos de higiene deverão ser seguidos por todos os moradores do condomínio, mantendo a segurança, proteção e saúde de todos.

Check-list

Para ajudar ainda mais a manter a segurança do seu condomínio, preparamos um rápido Check-list, para você conferir se os principais itens de segurança estão presentes em seu condomínio.

  • Controle de acesso rigoroso;
  • Sistema de segurança eletrônica (CFTV);
  • Redes de segurança;
  • Garagem com clausura;
  • Iluminação nas áreas externas;
  • Restrição de entregadores;
  • Treinamento de funcionários;
  • Uniformização dos funcionários;
  • Restrição a entrada de veículos.

Seguindo esses pontos apresentados é possível que o seu condomínio fique mais seguro e protegido para você, sua família e todos os moradores.

Caso alguns dos pontos apresentados não esteja sendo realizado de forma correta, é possível tomar a iniciativa, para conversar com o síndico ou mesmo, outros moradores para elevar a segurança do condomínio.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.