Quais os melhores remédios para ansiedade, depressão e TDAH

Reconhecer e diagnosticar com precisão os transtornos de humor e ansiedade em alguém com TDAH pode ser desafiador, principalmente porque essas condições compartilham muitos dos mesmos sintomas. 

A depressão frequentemente apresenta dificuldades de concentração, problemas motivacionais, inquietação, distúrbios de memória e distração. A ansiedade muitas vezes aparece como inquieta, incapaz de ficar quieto, dificuldade de foco e concentração prejudicada.

Às vezes, as pessoas experimentam sintomas de TDAH por anos, mas não procuram ajuda até que um grave transtorno de humor ou ansiedade piore drasticamente seu funcionamento diário. 

Um profissional de saúde enfrenta então um dilema de diagnóstico: os sintomas semelhantes ao TDAH são resultado de TDAH em andamento ou agravamento, ou por causa de um problema de humor ou ansiedade recém-desenvolvido? Se a depressão e a ansiedade forem tratadas, os sintomas de TDAH irão melhorar como resultado?

quanto tempo dura uma crise de ansiedade

Você pode encontrar opiniões divergentes, dependendo do profissional de saúde que consultar, quanto à abordagem mais adequada para você ou para alguém que você está tentando ajudar.

Sintomas em Adultos

Os sintomas depressivos comuns em adultos incluem sentimentos de tristeza, culpa, perda de motivação e diminuição da energia.

Os sintomas de ansiedade incluem frequência cardíaca elevada, falta de ar e queixas gastrointestinais.

Os sintomas emocionais de ansiedade incluem esperar que o pior aconteça, temer que algo ruim aconteça ou desenvolver medos ou fobias específicas.

Sintomas em crianças

Irritabilidade, queixas físicas excessivas (dores de cabeça ou de estômago) e problemas comportamentais. Pode ser menos provável que peça ajuda porque não reconhece que os sentimentos de tristeza são anormais.

A ansiedade inclui frequência cardíaca elevada, falta de ar, queixas gastrointestinais, expectativa de que o pior aconteça, temor de algo ruim ou medos ou fobias específicas.

As crianças podem mostrar sinais de medo de ir à escola ou de serem separadas de um membro da família ou de outra pessoa familiar.

Remédios para ansiedade

Esses remédios naturais para a ansiedade, podem ser sua passagem para encontrar um pouco de calma em seu transtorno e te deixar bem mais calmo e relaxado para realizar suas atividades do dia a dia.

Saber quanto tempo dura uma crise de ansiedade também é fundamental, pois dessa forma você consegue controlar as suas ações e saber exatamente o que fazer nos momentos difíceis.

Comece a se mexer

Nem todo mundo encontra alegria nos movimentos, mas, para alguns, pode ser útil ter uma rotina de exercícios que respeite as necessidades do seu corpo.

O movimento pode ser aprender danças, caminhar, dominar uma nova postura de ioga ou caminhar em uma trilha desconhecida. Os exercícios de que você gosta podem aumentar as endorfinas, também conhecidas como ” hormônio da felicidade “.

Obtenha a vitamina D

O tempo ao sol pode fazer bem ao seu corpo. A falta de luz solar pode diminuir os níveis de serotonina  em seu corpo, que é um hormônio que ajuda a melhorar o seu humor e que também faz você se sentir muito mais relaxado e concentrado.

Diminua a cafeína

A ingestão exagerada de cafeína pode estar causando um aumento no estresse e na ansiedade. Você se acha um pouco nervoso? Um estudo descobriu que a cafeína aumentou a ansiedade, a hostilidade e os sintomas entre pacientes psiquiátricos.

Remédios para depressão

Exercício

Os exercícios podem aliviar a depressão, possivelmente alterando as substâncias químicas cerebrais reguladoras do humor, noradrenalina e serotonina.

Terapia cognitiva comportamental

Muitos médicos indicam a terapia cognitivo-comportamental (TCC) de “educação sofisticada” para pessoas com depressão.

Baseia-se no fato de que os pensamentos desencadeiam sentimentos. Estar ciente de seus pensamentos e aprender a mudar padrões destrutivos pode alterar a maneira como seu cérebro funciona e sua reação às situações.

quanto tempo dura uma crise de ansiedade

A TCC é considerada uma terapia de curto prazo, geralmente com duração de 10 a 20 sessões. Tem se mostrado tão eficaz quanto medicamentos no tratamento da depressão leve a moderada.

Óleo de peixe

Este suplemento contém ácidos graxos ômega-3, que são encontrados nos peixes, incluindo salmão, atum e muitos outros.

Os estudos com óleo de peixe são inconclusivos, mas acredita-se que a deficiência desse ácido graxo em determinados momentos de nossas vidas, pode causar alterações de humor e depressão.

Em áreas onde o consumo de alimentos com ômega-3 é alto, as pessoas tendem a ter taxas mais baixas de depressão.

Remédios para TDAH

Ferro, zinco e vitaminas C e B6 para TDAH

Várias vitaminas e minerais para o TDAH são essenciais para a produção e regulação dos níveis de neurotransmissores no cérebro, especialmente quando uma criança ou adulto tem deficiência de um deles. 

A vitamina C é um bloco de construção dos neurotransmissores, enquanto o ferro e a vitamina B6 aumentam os níveis de dopamina. O zinco regula a dopamina e pode ajudar a tratar os sintomas de TDAH em algumas crianças quando usado com medicamentos e tratamentos convencionais.

Exercícios

O exercício ajuda o cérebro das pessoas que possuem TDAH a funcionar de maneira mais eficaz. Um benefício bem conhecido dos exercícios é o aumento das endorfinas, que podem melhorar o humor. Os exercícios também elevam os níveis cerebrais de dopamina, norepinefrina e serotonina, o que aumenta o foco e a atenção.

Terapia cognitivo-comportamental (TCC) para TDAH

A terapia cognitiva comportamental, visa mudar os padrões de pensamento irracionais ou negativos que interferem em permanecer na tarefa ou realizar as coisas, dois obstáculos para indivíduos com TDAH. Para uma pessoa com TDAH que pensa: “Isso tem que ser perfeito ou não adianta” ou “Eu nunca faço nada certo”, a TCC desafia a verdade desses pensamentos fazendo com que o paciente examine as evidências.

Em geral, a pesquisa apóia a afirmação de que a TCC pode ajudar os adultos a enfrentar melhor seus desafios relacionados ao TDAH. Por exemplo, um estudo de neuroimagem em adultos com TDAH que completaram um curso de 12 sessões de TCC, mostrou melhorias nas avaliações dos sintomas de TDAH e mudanças benéficas nas mesmas regiões do cérebro que são normalmente monitoradas em estudos de tratamento medicamentoso.

Se você suspeita que você ou alguém de quem você gosta tem TDAH e depressão ou ansiedade, consulte um profissional de saúde com experiência e conhecimento no tratamento de todas as doenças.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.