Dicas de como criar um planejamento digital para sua empresa

A audiência das mídias digitais tem crescido exponencialmente. Durante o isolamento social, os números só alavancaram, demonstrando o quanto é relevante estar presente no mundo virtual. Assim, hoje em dia, uma das formas da sua empresa se diferenciar dos concorrentes é por meio da estratégia de marketing digital bem estruturada.

Ter um site e um perfil nas redes sociais é apenas o primeiro passo para poder aparecer para os clientes. Investir em conteúdo impulsionado para melhorar sua posição no ranqueamento do Google é outra forma importante de se destacar.

Para quem é totalmente leigo no assunto, vale a pena buscar cursos virtuais sobre o tema (há diversas opções pagas e gratuitas) ou mesmo investir em ajuda profissional especializada, por meio de freelancers e agências. Para dar um empurrãozinho, selecionamos quatro dicas práticas para tornar seu negócio mais visível no mundo virtual.

1.  Defina os canais

O primeiro passo para elaborar um plano de marketing digital é definir em quais canais você quer estar: site, Facebook, LinkedIn, YouTube, Instagram, TikTok, etc. Você pode estar presente em mais de uma rede social, mas precisa lembrar-se de que:

– cada plataforma tem um perfil diferente de linguagem e usuário. Logo, o conteúdo que postar em uma rede não vai ter, necessariamente, o mesmo alcance na outra;

– o ideal é fazer postagens diferentes em cada rede social. Pode usar o mesmo tema, mas a linguagem deve variar conforme o público e o objetivo da plataforma;

– faça postagens frequentes para não parecer um canal abandonado,

– interaja com seus seguidores.

De maneira bem sucinta, os usuários de cada rede social estão em busca de objetivos diferentes, dependendo do canal.

– Facebook: interação social.

– LinkedIn: busca por emprego e/ou network profissional;

– Instagram: divulgação de estilo de vida por meio de fotos;

– YouTube: entretenimento por meio de vídeos,

– TikTok: vídeos curtos e divertidos.

Também é importante que todas as suas postagens direcionam o seguidor para o seu site, aumentando o tráfego, além de tornar possível a conversão da audiência em vendas, fazendo sua marca ser conhecida.

2.  Escolha seu público

Outro passo essencial é conhecer o seu público-alvo. Quem é o seu cliente, o que ele quer, qual é o seu problema e a sua expectativa ou porque ele se identifica com a sua marca são algumas perguntas que você deve fazer.

Também é interessante pensar em quem você quer ter como cliente e ser bastante racional nessa definição. Um dono de academia, por exemplo, que esteja em um bairro cheio de idosos pode querer ter clientes jovens e sarados, mas esta não é a realidade que ele vai encontrar.

Logo, adapte o seu desejo à sua situação atual, seja por conta da localização, do perfil dos seus consumidores ou outro fator. Com isso, você pode criar uma persona, que seria um personagem que sintetiza o perfil do seu cliente.

Na hora de criar essa persona, seja o mais detalhista possível: dê nome, idade, profissão, personalidade e endereço, como se ela realmente fosse uma pessoa real. Com base neste perfil, você tem um direcionamento de como criar suas postagens, já que todo o seu conteúdo será voltado para ele.

3.  Estabeleça os objetivos

Agora, é hora de determinar o que você quer com os canais digitais: alavancar as vendas, tornar-se conhecido, melhorar a reputação da marca, entre outras opções. Com esses objetivos em mente, você também tem um direcionamento de como deve prosseguir.

4.  Faça um cronograma

Lembra que é importante ter uma constância nas postagens para não parecer uma página abandonada? Então, é hora de montar um cronograma de publicações que seja relevante para o seu negócio.

O ideal seria ter uma postagem por dia, mas, para quem está iniciando, isso pode ser difícil de colocar em prática. Então, faça um cronograma factível com a sua realidade, lembrando de sempre checar se tem alguma data comemorativa que seja relevante para o seu perfil.

Celebrações, como Dia das Mães, Dia dos Pais, Natal, Páscoa, etc não devem ser ignorados porque podem converter em vendas. Mesmo que o seu negócio seja um serviço, é interessante mostrar que você está por dentro do que acontece no mundo.

Combinar boas imagens e texto bem produzido é essencial para cativar sua audiência. Não se esqueça das hashtags: elas podem melhorar sua posição no feed dos seguidores.

Gostou das nossas dicas? Então não deixe de seguir o nosso site!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.