Nota Fiscal Eletrônica NFe
Tecnologia

Sistema de Emissão Automática de Nota Fiscal Eletrônica em MG

agosto 5, 2019

Saber como emitir corretamente uma Nota Fiscal Eletrônica em MG é importante para empresas que desejam expandir suas oportunidades de negócios nesse estado.

No final, todos os serviços prestados ou produtos vendidos exigem faturamento para confirmar a operação.

E quando o documento está online, vários benefícios são encontrados. Reduza custos imprimindo documentos fiscais, como facilidade de emissão e acesso, organização de arquivos XML e aumento da segurança.

Veja como obter uma Nota Fiscal Eletrônica NFC-e em MG para evitar erros e problemas e sempre cumprir as obrigações da empresa no disco!

Saiba mais em: Nota Fiscal Eletrônica

Nota Fiscal Eletrônica em MG

Uma nota fiscal eletrônica é um documento fiscal que pode ser emitido e armazenado de forma totalmente eletrônica.

Em muitos lugares do Brasil, a NFC-e já é obrigatória para os contribuintes, como é o caso da maioria das atividades em Minas Gerais.

A obrigação inclui os contribuintes de ICMS que executam quaisquer ações especificadas no Protocolo 10/2007 ou, de acordo com o Protocolo 42/2009, que se enquadram em situações como:

  • Atividades de produção;
  • Problemas com contas com imposto errado;
  • Atividade de atacado ou distribuição;
  • Os bens vão para outra divisão da Federação;
  • Abastecimento de bens para gestão pública.

De acordo com o site da Secretaria de Estado da Fazenda de Minas Gerais , responsável pelo documento, toda a lista com a participação dos contribuintes de Minas Gerais exigida para a emissão da NFC-e pode ser encontrada neste site.

Nota Fiscal Eletrônica NFe
Nota Fiscal Eletrônica NFe

Como Emitir a Nota Fiscal Eletrônica em MG

O portal do SEF contém todas as informações sobre como faturar os MGs, mas as informações abaixo podem ajudá-lo a entender como cobrar as contas do MG.

Aprovar o CNPJ

Isso pode parecer um pouco óbvio, mas sem o atual Registro Nacional de Entidades Jurídicas (CNPJ) você não pode passar pelo procedimento de cobrança do MG.

Uma empresa pode escolher a opção de uma microempresa individual (MEI), que permite evitar custos de produção ou outros tipos de negócios. Você pode ver se o Sintegra abriu e ativou o Estado de Inscrição (IE).

Obtenha um certificado digital

Depois de certificar-se de que tudo está em ordem com o CNPJ, você precisará escolher um centro de certificação acreditado (CA) ICP-Brasil e adquirir um certificado digital.

Para fazer isso, basta fornecer documentos confirmando os dados e pagar uma taxa pela emissão de um certificado.

O documento que você recebeu, chamado e-CNPJ, é semelhante à assinatura digital da empresa, que garante a segurança das NFC-e emitidas. Não há necessidade de se perguntar como emitir uma fatura MG sem este documento.

No final, não há como. Um certificado é o que garante a precisão das informações sobre uma empresa e, portanto, a validade de uma transação comercial.

Preencha os detalhes da posição

Faça isso de acordo com as Diretrizes, que definem os critérios técnicos para a integração entre os portais da Secretaria de Estado da Fazenda e os sistemas emissores.

Com a Assinatura digital do documento através do certificado digital e-CNPJ transferira, em arquivo XML para o sistema como para SEF / MG.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *