Quais as principais diferenças de gestão entre uma pequena e grande empresa?

Administrar qualquer tipo de empresa envolve diversos processos burocráticos, é necessário colocar em dia todos os documentos que são destinados a diferentes órgãos do governo, planejar diversos planos de negócios, registrar a empresa, obter licenças, adquirir CNPJ, entre outros procedimentos complicados. 

O sucesso das empresas se dá pela qualidade dos produtos e pelos serviços oferecidos, para garantir essas demandas administrar o negócio local de forma consciente e competente é primordialmente necessário 

Ter conhecimento de como gerenciar de forma correta uma empresa é essencial para o crescimento e desenvolvimento. A Brobot tem as melhores informações para gestão de uma unidade. 

A gestão de uma pequena empresa é certamente diferente de uma grande empresa, principalmente porque suas demandas não são as mesmas. Dentre as principais relações que podemos citar é a da quantidade de funcionários, clientes, setores e produtos. 

Principais diferenças 

Essas diferenças permitem distinguir como gerenciar cada tipo de empresa. 

Processos de trabalho

Geralmente as pequenas empresas têm a vantagem de conseguir agilizar melhor os processos de trabalho. Isso se dá porque o poder de decisão está nas mãos de uma única pessoa ou de um grupo restrito. Com isso, a resolução de problemas é executada rapidamente, isso reflete na produção e no desenvolvimento. 

Um dos entraves das grandes empresas é o processo demorado para qualquer tipo de decisão que precisa ser tomada, pois antes deve ser avaliada e estudada por diferentes setores. Isso, infelizmente, gera atrasos. 

Uma vez que nada pode ocasionar erros, todo cuidado é necessário e monitorar isso prejudica a velocidade de produção da empresa.

Dirigentes de uma empresa 

A empresa grande precisa de uma administração mais complexa e delicada, uma vez que possui vários setores, com diferentes funcionários e cargos. Isso resulta em divisões de líderes e responsáveis em cada área. Essas responsabilidades são necessárias, entretanto, mais difíceis de serem organizadas. 

As empresas de pequeno e médio porte possuem uma estrutura reduzida, isso significa que gerenciar os poucos setores é mais simples, muitas vezes, fica responsável por uma única pessoa que pode até ser o dono do local. 

Estilo de gestão

Sem dúvidas, quando se trata de administrar uma empresa que tem como setores o financeiro, o operacional, entre outros, separados, o trabalho fica mais complexo. Esse fator é o maior diferencial das corporações, e assim conseguem ser definidas como grandes ou pequenas. 

No caso das empresas pequenas, a gestão consegue ser mais direcionada, isso torna o processo mais eficiente e funcional, pois a responsabilidade é de poucas pessoas. Já nas grandes empresas isso funciona totalmente ao contrário. 

Comunicação interna

Em uma pequena empresa é muito recorrente que todos os funcionários se conheçam e possuam até uma relação de afinidade, então qualquer comunicado ou urgência pode ser resolvido facilmente, pois o tamanho da corporação também reflete na forma de passar recados entre os colaboradores. 

Entre os grandes problemas que a grande empresa pode enfrentar é o desencontro de informações, atrasos na comunicação e ineficiência do processo, por isso, é preciso investir em processos que consigam transmitir o recado de forma coletiva, o mais rápido possível e que atinja todos os setores e funcionários.

Avaliação de desempenho

Nas empresas de grande porte a avaliação de desempenho é feita várias vezes no ano, pois é fundamental para a gestão ter conhecimento de como anda o funcionamento do local, e isso só é possível dessa forma, pois monitorar todos os colaboradores é impossível dentro uma corporação que possui várias redes em diversas cidades e até países diferentes. 

Outra praticidade que a empresa de pequeno porte tem é que a avaliação do desempenho pode ser feita através da supervisão de um responsável e acontece de maneira natural durante o dia. 

Conclusão

A organização da unidade é a maior preocupação, pois esse desafio dita o funcionamento e

a qualidade de seus produtos e serviços. Então, investir tempo no planejamento da rotina, finanças e atuação dos profissionais é essencial para atingir melhores resultados.

Com isso, é notável que apesar dos grandes lucros que uma empresa grande gera, ela é também mais complexa e exige muito trabalho para gerenciar todos os setores. Assim, o tamanho da estrutura dita as demandas da organização. 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.