APP e Ferramentas Tecnologia

Entenda melhor o funcionamento de um antivírus.

outubro 4, 2019

Com o passar dos anos o sistema antivírus tem passado por diversas alterações necessárias, muito disso se deve não só ao fato de hackers desenvolverem constantemente meios de burlar a proteção dos antivírus, mas também  devido a utilização cada vez maior de recursos tecnológicos por parte das pessoas, o que resulta em um volume grande de informações valiosas armazenadas nos equipamentos desses usuários e na transmissão de alguns desses dados pelas redes.

Almejando aumentar a eficácia do serviço de proteção oferecido, os desenvolvedores de antivírus tem utilizado uma abordagem diferente para suas soluções anti-malware, de forma a tentar garantir uma maior eficácia na proteção do equipamento (celular, computador, tablet, …) de seus usuários.

Desta forma, decidimos preparar o presente artigo para que os leitores do nosso BLOG MOZILLA BRASIL conheçam melhor o funcionamento de um antivírus e entenda a diferença entre o método mais utilizados pelos desenvolvedores nesse sistema de proteção e o mais moderno disponível.

Métodos de funcionamento utilizados no software antivírus

Método mais moderno

A Detecção Comportamental é um método usado para o rastreio e combate a malwares e vírus. Esse método consiste em analisar o comportamento do software ao invés de analisar o que é o software.

Os vírus e programas maliciosos reagem no sistema de maneira distinta a forma de comportamento de um usuário, com base nisso, a analise comportamental busca monitorar a forma que os softwares executam suas funções e o potencial de execução dos aplicativos, agindo nos casos de anormalidade de forma a colocar em quarentena ou excluir as ameaças identificadas.

Método mais utilizado

O rastreio por assinatura consiste na procura do código digital específico de cada vírus e ao detectá-los realiza a remoção do mesmo para a quarentena ou a sua exclusão, esse método é o mais utilizado no combate de vírus e malwares.

Esse método possui como vantagem o fato de que após a identificação do vírus, o mesmo é adicionado a um banco de dados de assinaturas, que pode ser acessado em casa de novas ameaças no sistema. Porém, até que a ameaça seja identificada no banco de dados, a proteção é pouco eficaz, ou seja, não é muito útil no combate contra novas ameaças.

 

Agora que conhece melhor o funcionamento do sistema antivírus, fique atento a sua proteção, não deixe de usar ao menos o melhor antivírus gratuito para pc, a proteção desse software pode fazer toda a diferença na sua segurança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *